Vigilia

2018
abril 7

7 de abril, 2018

A condenação

  Sergio Moro, juiz federal de primeira instância, condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão no dia 12 de julho de 2017. O caso do triplex foi investigado no âmbito da Operação Lava Jato. A condenação se deu por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na ação penal envolvendo o triplex no Guarujá. Já na segunda instância a pena foi aumentada para 12 anos e um mês. O mandado de prisão expedido por Moro saiu no dia 5 de abril, no mesmo mês, o STJ manteve a condenação de Lula.
abril 8

8 de abril, 2018

Começa oficialmente o acampamento Lula Livre em sua primeira sede

 

Desde a noite do dia 07 de abril, os movimentos ficaram acampados próximo à sede da Polícia Federal em Curitiba. Mesmo após forte repressão da polícia, os manifestantes conseguiram garantir um acordo para instalar o acampamento.No dia 8 de abril, milhares de pessoas passaram pelo acampamento que contou com ato político e apresentação da cantora Ana Canãs que saiu de São Paulo especialmente para apoiar o ex-presidente. A chegada de mais caravanas se deu no dia seguinte. O acampamento recebeu lideranças nacionais dos partidos e movimentos. Manuela d´Ávila, na época pré-candidata à presidência da República, também marcou presença. Os manifestantes declararam no dia que só sairiam do acampamento quando Lula estivesse livre e que ficariam de vigília permanente. 

abril 9

9 de abril, 2018

PT transfere sede para Curitiba 

A presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann, afirmou, em coletiva na tarde do dia 9 de abril, que Lula é preso político e que, por isso, a sede do partido foi transferida em caráter transitório para Curitiba, de onde as decisões do partido passaram a ser tomadas e divulgadas amplamente. Enquanto isso, a cada dia mais pessoas chegam ao acampamento Lula Livre para prestar solidariedade ao ex-presidente Lula.

abril 11

11 de abril, 2018

Visita de Fernando Haddad e Dia Nacional de Luta em todo o Brasil em defesa de Lula livre

A CUT com massivos nas principais cidades do País no dia 11 de abril, estão previstas mobilizações no dia 17 de abril, Dia Nacional de Mobilização contra dois anos do golpe; no dia 26 de abril, com ato no Rio de Janeiro para defender a Petrobrás, durante a Assembleia ordinária da empresa; e no 1º de maio, com atos unitários e massivos em todas as capitais e cidades do interior em defesa dos direitos e de Lula livre. Em Curitiba, onde está sendo feita uma vigília permanente em defesa da liberdade de Lula, o 1º de maio terá a participação das lideranças nacionais.

Fernando Haddad visitou a Vigília e fez uma fala que emocionou a todos.

abril 12

12 de abril, 2018

Visita de Bel Coelho

 

Quem também esteve visitando a Vigília Lula Livre foi a chef Bel Coelho. Embora não tenha visitado o ex-presidente, ela conheceu a estrutura do espaço, os setores e toda a organização. Bel, que usa produtos do MST para seus pratos, elogiou as cozinheiras que trabalhavam para garantir alimentação para os apoiadores de Lula.  “Se tem alguém guerreiro aqui são essas cozinheiras, que são parte fundamental dessa resistência. Se o campo não planta a cidade não janta”, resumiu a chef. Ela esteve na Vigília Lula Livre no dia 12 de abril de 2018.

abril 12

12 de abril,2018

Lula pôde receber pela primeira vez cartas e a visita de seus familiares

 

No dia 12 de abril, Lula pôde receber pela primeira vez a visita de seus familiares. E, com eles, mais cartas, mais carinho e mais solidariedade. Até então, apenas seus advogados puderam entrar em contato com o ex-presidente. Os relatos da família dão conta de um homem forte, firme e com a mesma fonte de energia: sua inocência e o povo ao seu lado.

abril 13

13 de abril, 2018

Revezamento mantém o acampamento vivo

No dia 13 de abril, mais de sete mil pessoas já haviam passado pelo acampamento Lula Livre e cerca de 800 pessoas mantinham a defesa do ex-presidente em esquema de revezamento de caravanas. Assim, até hoje, a mobilização segue firme até hoje a organização interna do espaço. As cozinhas do Acampamento Lula Livre bateram o marco de 7 mil refeições servidas diariamente ao povo que está em Curitiba lutando pela liberdade do ex- presidente Lula. “Os alimentos que saem das nossas cozinhas são de excelente qualidade. Isso é muito importante para garantir a saúde e a disposição de todos para permanecer aqui na luta”, diz Bruna Zimpel, uma das coordenadoras.

abril 14

14 de abril, 2018

Luzes para Lula, uma homenagem

Na noite de 14 de abril foi realizada uma homenagem com velas, lanternas e celulares que iluminaram a noite de Curitiba, mandando luz para o ex-presidente, para todos os acampados e para a vizinhança do bairro Santa Cândida.

abril 17

17 de abril, 2018

A Vigília fica!

O acampamento Lula Livre em Curitiba fez um acordo com a Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito de Curitiba, a Superintendência da Defesa Social e a Procuradoria Geral do Município, de modo a garantir o espaço da Vigília Democrática nas imediações da Superintendência da Polícia Federal. Quatro tendas e estrutura de banheiros serão mantidas no espaço da Vigília Democrática, garantindo o exercício do nosso direito à manifestação política.

abril 18

18 de abril, 2018

 Lula manda recado à Vigília

 

As centenas de pessoas que participam das atividades na Vigília Democrática #LulaLivre em Curitiba receberam um recado especial do ex-presidente da república, encarcerado em instalações da Polícia Federal como preso político. O recado, repassado pela defesa de Lula, segue na íntegra: “Queridos e queridas companheiras, vocês são o meu grito de liberdade todo dia. Se eu não tivesse feito nada na vida, e tivesse construído com vocês essa amizade, já me faria um homem realizado. Por vocês valeu a pena nascer e por vocês valerá a pena morrer”. A mensagem foi lida pelo vice-presidente do PT nacional, Márcio Macedo, durante ato político com a presença de João Paulo Rodrigues, dirigente nacional do MST, e de Celso Amorim, ex-chanceler e ex-ministro da Defesa no governo Lula.

abril 21

21 de abril, 2018

Marcia Tiburi visita a vigília e lança seu livro “Feminismo em Comum”

Uma das primeiras personalidades a visitar a Vigília Lula Livre foi a filósofa e escritora Marcia Tiburi. No dia 21 de abril ela foi até o espaço onde realizou o lançamento do seu livro “Feminismo em Comum”, que coincidentemente, deveria ter sido lançado em Curitiba aproximadamente duas semanas antes. Contudo, o evento foi cancelado devido a ameças sofridas pela escritora. “A gente deve vir pra cá com nossos esforços, porque nossos esforços pessoais, hoje, representam nosso desejo de política e democracia no Brasil. Isso é uma manifestação de amor, solidariedade, lucidez, amor ao conhecimento”, disse logo após conduzir o Boa Tarde, presidente Lula.

abril 23

23 de abril, 2018

Dilma é impedida de ver Lula na prisão

A presidenta eleita pelo povo Dilma Rousseff foi barrada pela PF e não pôde visitar Lula no dia 23 de abril. “É uma situação bastante estranha porque o presidente Lula não tem justificativa para estar isolado ou em regime especial de prisão e que pessoas que o conhecem não possam vê-lo. Isso para mim é muito estranho porque eu tenho uma certa experiência em ficar presa”, disse Dilma. 

abril 28

28 de abril, 2018

Tiros são disparados contra o acampamento 

 

O silêncio da madrugada do sábado, 28 de abril de 2018, foi interrompido por barulhos de tiro. Relatos mostraram que o atirador disparou mais de 20 vezes contra o acampamento Marisa Letícia, próximo à Vigília Lula Livre. O ataque deixou duas pessoas feridas. Uma com estilhaços de materiais que foram atingidos, como os banheiros químicos no local e outra ferida com um tiro no pescoço. No dia 27 de março, pouco mais de um mês antes, outro atentado contra apoiadores do ex-presidente foi registrado durante a Caravana de Lula. Os responsáveis, em ambos os casos, até hoje não foram identificados e, consequentemente, responsabilizados. 

Os colaboradores Murilo Matias e Igor Veloso estiveram no acampamento algumas horas após o ataque e trazem relatos do atentado, que você pode ver no vídeo nas referências. O tiro covarde que acertou Jeferson Lima de Menezes chegou até o ex-presidente Lula, que se comoveu com a história do guerreiro que completaria seu aniversário no hospital. “Fiquei indignado com mais este ataque aos companheiros e companheiras que lutam pela justiça em nosso país. Quero mandar um abraço de solidariedade ao Jeferson, à Márcia, às famílias e aos amigos que sofreram junto com eles. Eu também sofri”, escreveu Lula.

abril 30

30 de abril, 2018

Homenagens a Jefferson, o companheiro ferido no atentado ao acampamento Marisa Letícia

 

Jefferson salvou muitas vidas naquele acampamento”, afirmou à imprensa nesta manhã Felix de Barros, diretor da Federação dos Trabalhadores de Transporte do Estado de São Paulo, sobre o companheiro ferido no atentado ao acampamento Marisa Letícia. No dia em que completa 39 anos de idade, Jefferson, que está bem e não corre risco de vida, foi lembrado com emoção durante o ato da manhã, em que centenas de pessoas cantaram parabéns a você. 

 

 “Jefferson compreende a luta e o avanço de classes nos governos Lula, por isso está aqui. Ele veio para cá para se dar ao povo, deixando a família em São Paulo. É triste que uma pessoa que veio se doar para o povo quase tenha perdido a vida”, afirmou Félix. “Atiraram em um sindicalista que representa mais de 20 mil pessoas no ABC. Quem quer calar a voz do trabalhador? A nossa democracia?”

maio 1

01 de maio, 2018

O 1º de maio 

 

O Brasil inteiro realizou atos de 1º de Maio para celebrar as lutas e conquistas da classe trabalhadora, mas os olhos estão voltados para Curitiba, que sediou o principal ato do Dia do Trabalhador e da Trabalhadora para denunciar a prisão política de Lula. Organizado por sete centrais sindicais e todos os partidos de esquerda e movimentos sociais, o ato em Curitiba reuniu cerca de 50 mil pessoas e teve a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, como uma das oradoras. “Lula é uma pessoa muito forte, tem visão do que representa e significa para esse país, sabe que grande parte do povo deposita nele suas esperanças. Ele tem a certeza de que vai sair de onde está mais forte e mais disposto para enfrentar o que acontece. E nenhum ato de intolerância ou de violência vai nos afastar do lado de Lula. Ele sairá de lá e sairá candidato à Presidência da República!”, enfatizou Gleisi.

maio 4

4 de maio, 2018

Delegado da PF invade acampamento “Lula Livre” e destrói equipamentos de som

 

“Eles estão vindo! Eles estão vindo! Bolsonaro” – foi gritando essas palavras que um homem, que é delegado da Polícia Federal, invadiu e quebrou parte do equipamento de som utilizado por militantes na vigília em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nas imediações da Superintendência da PF no bairro Santa Cândida. A invasão aconteceu durante o ato “Bom Dia Lula”, no qual os manifestantes cantam músicas e proferem palavras de apoio ao ex-presidente, preso na unidade desde o início de abril.

Identificado como Gastão Schefer Neto, o responsável pela invasão é delegado da Polícia Federal e conhecido pela militância contrária ao ex-presidente. Schefer também foi presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal do Paraná (ADPF) e suplente de deputado federal pelo Partido da República (PR/PR). Integrantes do acampamento também registraram um boletim de ocorrência no 4º Distrito Policial durante o período da tarde. No documento, o grupo afirma que, ao chegar ao acampamento de manhã, o delegado interrompeu as falas da deputada federal Ana Perugini (PT-SP) e da deputada estadual Márcia Lia (PT-SP) e, antes de quebrar o equipamento de som, gritou que “ia acabar com tudo” e que “não aguenta mais esse barulho”.

maio 6

6 de maio, 2018

Apresentação de Chico César

 

Chico César cantou pela liberdade de Lula, conduzindo o final da tarde de domingo com muita música e somando sua voz à da resistência dos que seguem em vigília na esquina democrática Olga Benário. Ao lado de Lívia Mattos e Rafael dos Santos, o cantor se apresentou por cerca de duas horas para centenas de pessoas vindas de diversas caravanas e de famílias de Curitiba que aproveitaram o show para conhecer a vigília.

maio 7

07 de maio, 2018

A prisão política de Lula chega a marca de 30 dias 

 

Os 30 dias completados no dia 7 de maio da prisão política de Luiz Inácio Lula da Silva na Polícia Federal em Curitiba foram marcados por atos e protestos em Curitiba. Centenas de simpatizantes ocuparam a praça Osório, na tradicional Boca Maldita da capital paranaense, e distribuíram panfletos à população para marcar este mês de resistência.

Neste mesmo dia, a Caravana Lula Livre Piauí completou a marca de 46 municípios visitados. A cada pedaço de chão percorrido aumenta a adesão de populares e lideranças políticas de outras siglas que compreendem que a prisão de Lula é política e visa, exclusivamente, inviabilizar sua candidatura a presidência do país

Para Regina Cruz, presidente da CUT-PR e uma das coordenadoras do acampamento Marisa Letícia e Vigília Lula Livre, em Curitiba, a resistência começou a ser construída antes do dia 7. “É mais de um mês de resistência. A partir do momento em que o Lula se dirigiu para o Sindicato do ABC, nós em Curitiba fizemos as primeiras reuniões com todos os movimentos e entidades que compõem a Frente Brasil Popular. Naquela noite não dormimos.  Ali começou a vigília, depois os atos em todo o Brasil, até o dia que montamos o acampamento em frente à sede da Polícia Federal”.

maio 8

8 de maio, 2018

PM quebra acordo e abandona segurança da vigília

 

A Polícia Militar do Paraná retirou no dia 8 de maio as viaturas que faziam a segurança das imediações do prédio da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. As viaturas estavam ali desde que fora firmado um acordo entre os organizadores da vigília e as autoridades do governo paranaense e da Prefeitura de Curitiba, depois que uma pessoa ainda não identificada pela polícia disparou mais de 20 tiros contra o acampamento Marisa Letícia.

As viaturas estavam ali desde que foi firmado um acordo entre os organizadores da vigília e as autoridades do governo paranaense e da Prefeitura de Curitiba, depois que uma pessoa ainda não identificada pela polícia disparou mais de 20 tiros contra o acampamento Marisa Letícia, localizado a poucos quilômetros dali. Pelo acordo, a segurança seria mantida no local e os manifestantes se comprometeram a não utilizar equipamentos de som em seus atos contra a prisão política de Lula. Os manifestantes mantiveram sua parte no acordo. A polícia, não. Na noite desta terça-feira, o presidente do PT do Paraná, Dr. Rosinha, foi à vigília e denunciou o ocorrido. “Não houve nenhuma negociação para tirar a segurança. Foi uma decisão unilateral da Secretaria de Segurança Pública. Temos que ficar muito atentos, porque agora provocadores podem chegar aqui, agora podem inclusive subir de carro, atropelar pessoas. Estamos muito preocupados.”

maio 13

13 de maio, 2018

Dia das mães na Vigília Lula Livre 

 

Um grupo de mães militantes e defensoras da democracia foi responsável pela saudação matinal ao ex-presidente Lula. No Dia das Mães, elas foram protagonistas ao longo da tarde. No programa “Democracia em Rede”, quatro defensoras de Lula que estavam na resistência em Curitiba deram seus depoimentos direto da Casa da Democracia e contaram porque decidiram deixar seus afazeres e se juntar aos que defendem Lula carregando seus filhos junto.

maio 15

15 de maio, 2018

Campanhas de doação e estruturação da biblioteca

 

A Vigília #LulaLivre montou uma biblioteca onde os acampados e a militância podem pegar livros e doar também. Foram mais de 300 volumes que passaram de mão em mão entre os acampados. A biblioteca Paulo Freire funcionou em frente à tenda operativa. Além disso,  o acampamento Marisa Leticia organizaram doações de agasalhos e cobertores são muito bem-vindas, bem como alimentos que podem ser entregues na tenda de doações

maio 17

17 de maio, 2018

Integrantes do acampamento são agredidos em Curitiba

 

Participantes do acampamento Lula Livre em Curitiba foram brutalmente agredidos na noite de 17 de maio de 2018, uma terça-feira. Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra  (MST) foram atacados em um trecho da Avenida Paraná, no caminho entre a unidade da Polícia Federal e o terreno onde estão montadas as barracas do acampamento. O presidente estadual do PT no Paraná, na época,  Dr. Rosinha, relatou que as vítimas voltavam das atividades que estavam sendo realizadas a uma quadra da PF, quando foram surpreendidas por um grupo de pessoas, na parte da noite. Os integrantes do MST foram agredidos com barras de ferro e pedaços de madeira, e foram atendidos por uma ambulância contratada pelo evento, que estava no local.

maio 18

18 de maio, 2018

Lula é transferido para Curitiba 

 

O ex-presidente Lula cumpre decisão judicial e passa da condição de vítima de perseguição judicial para a de preso político. Sua chegada à Curitiba ocorreu às 22h do dia 18 de maio de 2018. Milhares de pessoas o aguardavam nas imediações do prédio da Superintendência da Polícia Federal. A mobilização, por mais que pacífica, foi atacada no momento em que o helicóptero pousou. Foram lançadas bombas de cima do edifício, balas de borracha foram disparadas contra os manifestantes pró- Lula, pela PF. O ex-juíz Sérgio Moro foi declarado suspeito, e Lula agora, livre, lidera as pesquisas para as eleições de 2022.

maio 19

19 de maio, 2018

Transferência de ponto devido às condições climáticas

 

Com o objetivo de melhorar as condições dos acampados, foi disponibilizado um novo ponto, localizado mais próximo da Vigília e mais adequado para proteger as pessoas do inverno e da chuva típica desta época do ano. No entanto, um grupo se negou a deixar o local do acampamento Marisa Letícia.

maio 20

20 de maio, 2018

Moradores de Curitiba participam de ato em apoio à Vigília

 

Na tarde do dia 20 de maio, a Vigília Lula Livre realizou uma ação junto aos moradores do bairro Santa Cândida, onde fica a Praça Olga Benário. Munidos de uma carta de agradecimento e solidariedade e uma flor, os participantes da Vigília visitaram os residentes. A carta agradece a compreensão dos habitantes locais e diz porque manter a resistência por #LulaLivre é uma ação que remete a todo o país e é de interesse de todos brasileiros que desejam a retomada da democracia com a participação legítima de Lula nas eleições.

maio 30

30 de maio, 2018

O ator hollywoodiano Danny Glover visita Lula e a Vigília Lula Livre

 

“Good Night, Presidente Lula”. Com um hollywoodiano foi assim que a Vigília Lula Livre encerrou suas atividades naquele 30 de maio de 2018. O ator Danny Glover foi o centro das atenções de uma já movimentada organização. “Estou aqui em nome de milhões de pessoas que exigem que Lula seja libertado. Meu amigo e irmão Lula precisa ser libertado para unir o Brasil e dar seguimento às conquistas do Partido dos Trabalhadores. Queremos justiça para Lula porque precisamos de justiça para o povo brasileiro e para o povo do mundo todo”, afirmou o ator de filmes como Máquina Mortífera e que também é embaixador da Boa Vontade da Unicef.

junho 5

5 de junho, 2018

Ato #LulaLivre

 

No início da noite, em frente ao Supremo Tribunal Federal, foi realizado o Ato #LulaLivre, promovido por movimentos sociais ligados à luta pela moradia que participam em Brasília da Marcha Pelo Direito à Cidade, que se encerra nesta quinta-feira. Centenas de manifestantes exigiram a libertação de Lula, detido como prisioneiro político em Curitiba. Durante o ato, não faltaram críticas ao STF pela seletividade ao manter Lula preso – sem provas – enquanto liberta vários outros acusados de corrupção com inúmeras provas de práticas de crimes. Vários parlamentares do PT participaram do ato.

junho 8

08 de junho, 2018

 Marcha da 17ª Jornada de Agroecologia

 

Milhares de militantes que participaram da 17ª Jornada de Agroecologia em Curitiba marcharam desde o centro da cidade até a Vigília #LulaLivre para participar do “Boa Noite” ao ex-presidente Lula na frente da sede da Superintendência da Polícia Federal, em um ato que contou com a participação d o teólogo Leonardo Boff, do líder do MST João Pedro Stédile, do deputado federal Enio Verri (PT-PR), do senador Roberto Requião, entre outras lideranças.

junho 11

11 de junho, 2018

Arraiá Lula Livre 

 

Junho é mês de festa junina e de resistência. A Vigília Democrática #LulaLivre também entrou em clima de São João, e renovou os ânimos daqueles que há dois meses não deixavam os arredores da Polícia Federal. Assim aconteceu o Arraiá Lula Livre, com música tradicional e comidas juninas. A luta pela liberdade de Lula e a esperança por um Brasil feliz e melhor animavam o dia a dia de pessoas de todo o País que vão à Vigília dar apoio ao ex-presidente.

junho 13

13 de junho, 2018

 Ato Internacional de Solidariedade a Lula

 

Durante o ato, David Edwards, secretário-geral da IE, entidade com sede em Bruxelas na Bélgica, disse que Lula é um símbolo mundial respeitado pela ação política, pelos benefícios e por todo o avanço social promovido em nível mundial, em particular na América Latina. “Por isso, devemos fazer todos os esforços para que Lula seja liberado, isso está diretamente ligado à defesa dos direitos humanos. O mundo sabe que Lula é um preso político e que a Justiça não conseguiu apresentar provas contra ele”, disse.

junho 21

21 de junho, 2018

Visita de Pepe Mujica

O ex-presidente e então senador do Uruguai, Pepe Mujica, foi mais uma das visitas de grandes lideranças internacionais que o ex-presidente Lula recebeu no período em que esteve na Polícia Federal, em Curitiba. No dia 21 de junho de 2018, Mujica visitou seu amigo e a Vigília Lula Livre. “Vale a pena dedicar uma parte da vida para servir à causa da igualdade na terra. Não se lamentem, companheiros. Não se pode viver sem uma causa. Avante”, disse.

julho 3

3 de julho, 2018

Visita de apoio espiritual do pai de santo Antônio Caetano de Paula Junior

 

O ex-presidente Lula recebeu a visita de apoio espiritual do pai de santo Antônio Caetano de Paula Junior, que o presenteou com uma imagem de Xangô, entidade que representa a Justiça nas religiões de matriz africana. Pai Caetano relatou que Lula segue acreditando na vitória do amor e da justiça sobre o ódio e o preconceito. “São quase 90 dias em que Lula vive numa espécie de solitária, depois de um julgamento que se qualquer um observar percebe que há falhas. Mesmo assim ele não se permite que a raiva e o ódio contaminem o coração”, disse o religioso.

julho 15

15 de julho, 2018

100 dias da Vigília Lula Livre

 

Completam-se 100 dias da prisão política de Luiz Inácio Lula da Silva na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O Partido dos Trabalhadores, a comunidade jurídica e entidades de defesa do Estado de Direito denunciaram ao Brasil e ao mundo o caráter político da prisão de Lula. São 100 dias de vigília e resistência. Nesse período, Curitiba já recebeu líderes políticos nacionais e internacionais, artistas do Brasil e do mundo, milhares de pessoas comuns e um Prêmio Nobel da Paz.

julho 19

19 de julho, 2018

Oficinas, arte, corpo e liberdade

 

À tarde foi realizada uma oficina de turbantes para as mulheres da Vigília #LulaLivre. Ana Carolina Dartara, militante do PT e coordenadora da oficina, disse que a atividade foi uma forma de reafirmar a resistência negra e homenagear tanto Nelson Mandela como o ex-presidente Lula, que em seus mandatos presidenciais fizeram governos voltados ao combate às desigualdades sociais e à busca da igualdade racial. 6. Arte, corpo e liberdade foram os temas de um bate-papo feito à tarde na Vigília, coordenado por Juliana Bonassa, do Coletivo de Cultura do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST). “A gente pensa a cultura não como consumo, mas como organização da vida, o que a gente come, o que a gente veste, como escolhemos nossas lutas. Estamos construindo cultura em busca da emancipação”, explicou a militante.

julho 20

20 de julho, 2018

Lula faz um balanço do País nos mais de 100 dias em que está detido como prisioneiro político

 

Em artigo publicado pelo jornal Folha de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um balanço do País nos mais de 100 dias em que está detido como prisioneiro político e criticou a decisão da juíza Carolina Lebbos de impedi-lo de dar entrevistas ou gravar vídeos: “Os que não querem que eu fale, o que temem que eu diga? Parece que não bastou me prender. Querem me calar”. Lula fez também um desafio aos seus críticos: “Querem me derrotar? Façam isso de forma limpa, nas urnas”. Leia o artigo: https://pt.org.br/artigo-do-lula-na-folha-de-s-paulo-afaste-de-mim-este-cale-se/ 

julho 21

21 de julho, 2018

Exposição “Mulher bonita é a que luta”

 

A Vigília Lula Livre recebeu no dia 21 a exposição “Mulher bonita é a que luta”, projeto da jornalista Denise Veiga que consiste em registrar as facetas femininas que seguem em resistência contra a prisão política do ex-presidente em frente à sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

julho 24

24 de julho, 2018

Outdoors pela liberdade de Lula

Em defesa da liberdade imediata do ex-presidente Lula, centenas de cidadãos, inconformados com a condenação política, espalharam outdoors por diversas cidades do Brasil com os dizeres “Lula Livre”. Foram 13 outdoors espalhados em Curitiba, quatro em Londrina e sete em Porto Alegre. Em Salvador, foram instalados três.

julho 28

28 de julho, 2018

Festival Lula Livre

 

A Praça dos Arcos da Lapa, na cidade do Rio de Janeiro, ficou lotada com 60 mil pessoas que vieram de todos os estados do País para participar do Festival Lula Livre. Os vários sotaques se misturaram, assim como pessoas de todas as idades, embaladas por um clima contagiante de alegria e de garra para pedir a libertação do ex-presidente Lula. Carlos Negreiros, Gang 90, Ana Canãs, Alba Maria, Gabriel Moura, Lisa Milhomem e Dorina são alguns dos cantores que já subiram ao palco para cantar e pedir a libertação de Lula no Festival. A atriz Lucélia Santos leu no palco um Manifesto assinado por artistas de todo País por Lula Livre, o qual aponta o erro jurídico que levou Lula à prisão sem provas.

Lula enviou carta de gratidão aos artistas e ao público do Festival Lula Livre. Ela foi lida pelo ator Herson Capri no alto do palco central. “Vocês não sabem quantas vezes a música, os livros, a arte, tem me ajudado a atravessar essa provação, que não é maior que a de tantos pais e mães de família, brasileiros que hoje não sabem como irão trazer comida para casa. É em nome deles que não podemos desanimar jamais”, afirma.

julho 30

30 de julho de 2018

Visita da Monja Coen

Além de lideranças políticas e de setores da sociedade civil organizada, o presidente Lula também recebeu visitas religiosoas no período em que esteve na sede da superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Uma das mais conhecidas mundialmente foi a Monja Coen. Ela visitou o ex-presidente no dia 30 de julho de 2018. Um dos recados que deixou foi de buscasse tirar proveito deste período para se elevar espiritualmente. “Contei a ele dos padres do deserto, homens que fazem o voto de viverem sozinhos, em solidão e em silêncio, e que isso não é um castigo e pode ser tomado como uma oportunidade de crescimento espiritual”, disse.

agosto 7

7 de agosto, 2018

Greve de fome por justiça

Os militantes Frei Sérgio Görgen e Rafaela Alves (do Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA), Leonardo Soares, do Levante Popular da Juventude, Luiz Gonzaga, o Gegê (da Central dos Movimentos Populares – CMP), Jaime Amorim, Zonália Santos e Vilmar Pacífico (do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST) estão em greve de fome. Os sete lutam contra a volta da fome no país, o aumento do custo de vida, a perda de direitos em saúde e educação, o aumento da violência, a perda da soberania nacional e manifestam-se pela liberdade do ex-presidente Lula, bem como seu direito de ser candidato. Eles enxergam na simbologia de Lula a possibilidade de reverter a situação calamitosa a que o golpe de 2016 jogou os mais pobres.

Na Vigília #LulaLivre, em Curitiba, antes do “boa tarde” ao ex-presidente Lula, os militantes agradeceram com uma salva de palmas aos sete guerreiros em greve de fome por Justiça no STF. “Hoje faz oito dias que nossos companheiros estão em greve de fome em Brasília. É importante lembrar os espaços de luta e resistência em nosso País”, disse Rosane Silva, integrante da coordenação da Vigília. A saudação vespertina a Lula contou com o reforço de 40 militantes do MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens) do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais.

agosto 9

09 de agosto, 2018

Visita de Sharan Burrow

 

A Vigília #LulaLivre, que entrou hoje no 125º dia de resistência democrática, teve forte presença sindical. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a visita de Sharan Burrow, secretária-geral da Confederação Sindical Internacional (CSI). “Vim trazer a ele a solidariedade de 207 milhões de trabalhadores de todo o mundo”, disse a líder sindical, que veio a Curitiba acompanhada do presidente da CUT, Vagner Freitas. “O mundo sabe que ele é um preso político e não cometeu nenhum crime.”

agosto 10

10 de agosto, 2018

Marcha Nacional Lula Livre

 

Militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da Via Campesina iniciam, no dia 10, a Marcha Nacional Lula Livre, que faz parte do calendário de lutas pela libertação do ex-presidente, mantido preso político desde 7 de abril de 2018, em Curitiba. A marcha só termina no dia 15 de agosto, data em que representantes dos movimentos sociais, populares e sindicais acompanharão o registro da candidatura de Lula, no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília.

agosto 11

11 de agosto, 2018

Lançamento do “Lula Livre – Lula Livro”

 

Na Vigília Lula Livre, foi lançado o livro “Lula Livre – Lula Livro”. O livro-manifesto pela liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi organizado por Ademir Assunção e Marcelino Freire. A obra reúne contos, poemas, crônicas e cartuns de nomes como Laerte Coutinho, Chico Buarque, Raduan Nassar, Frei Betto, Augusto de Campos, entre outros.

agosto 23

23 de agosto, 2018

Visita de Ernesto Sampler

Outro ex-presidente que visitou Lula foi Ernesto Sampler, que além de chefe de estado da Colômbia também foi secretário-geral da Unasul. Ele esteve no dia 23 de agosto na sede da superintendência da Polícia Federal e, na sequência, na Vigília Lula Livre e já alertava para a injustiça cometida contra o principal líder popular da América do Sul. “Peço que a ONU envie uma comissão para verificar o cumprimento da liminar concedida a Lula. Ele está sendo perseguido judicialmente. É um preso político e deve ser liberado para voltar a lutar pela democracia e pela inclusão social”, destacou.

setembro 3

13 de setembro, 2018

Visita do ex-primeiro-ministro italiano Massimo D’Alema e o ex-governador do Distrito Federal do México Cuauhtémoc Cárdenas

 

O ex-primeiro-ministro italiano Massimo D’Alema e o ex-governador do Distrito Federal do México Cuauhtémoc Cárdenas visitaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e manifestaram-se chocados com sua condenação arbitrária. D’Alema qualificou como “uma monstruosidade” e uma “aberração jurídica” a condenação de Lula e disse que a imagem do ex-presidente continua intacta na Europa, sobretudo porque grandes juristas examinaram o caso e viram que não há provas contra Lula e tampouco foi garantido seu direito de defesa.

setembro 3

3 de setembro, 2018

A Vigília completa 150 dias de resistência

 

No 150º dia de resistência democrática em Curitiba, a Vigília #LulaLivre recebeu o reforço de 40 militantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) da região do município de Faxinal (PR). Roberto Bahia, integrante da coordenação nacional do MST, explicou que a cada 15 dias é feito o revezamento de militantes a fim de assegurar que a Vigília tenha permanentemente de 150 a 200 pessoas só do MST.

setembro 16

16 de setembro, 2018

Festival Lula Livre em São Paulo 

 

Com a participação de milhares de pessoas, aconteceu, em São Paulo, a edição paulistana do Festival Lula Livre. Diversos artistas se apresentaram e tocaram canções de protestos contra as ameaças à democracia no Brasil e a prisão arbitrária do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Centenas de pessoas portavam cartazes com a inscrição Lula Livre e máscaras do ex-presidente, denunciando sua prisão política e exigindo sua libertação. Entre um show e outro, o público bradava “Lula Livre!”, “Lula guerreiro do povo brasileiro!” e “Olê, olê, olá, Lula, Lula”

setembro 20

20 de setembro, 2018

Visita de Noam Chomsky

 

Um dos mais destacados intelectuais contemporâneos, Noam Chomsky, então com seus 89 anos de idade, saiu dos Estados Unidos para visitar Lula. Ele esteve com o ex-presidente e também na Vigília Lula Livre em 20 de setembro de 2018. “É encorajador encontrá-lo e passar um tempo com ele, que por direito deveria ser o presidente do Brasil. Lula é uma das figuras mais significativas do século 21”, disse o intelectual após a visita.

setembro 23

23 de setembro, 2018

Roda de conversa com Xico Celso Calmom

 

A Vigília #Lula Livre realizou uma roda de conversa com Xico Celso Calmom, coordenador do Fórum Memórias, Verdade e Justiça. Calmon é ex-combatente da ditadura militar e autor dos livros “Sequestro Moral e o PT com isso”, e “Combates Pela Democracia”, e coautor dos Livros “Resistência ao golpe de 2016” e “Uma Sentença anunciada – o processo Lula”.

setembro 26

26 de setembro 2018

Visita de Aleida Guevara, filha do revolucionário histórico Ernesto Che Guevara

 

A Vigília #LulaLivre recebeu, nesta no dia 26 a visita de Aleida Guevara, médica pediatra cubana e filha do revolucionário histórico Ernesto Che Guevara. Ela falou aos militantes do Movimento dos Sem Terra (MST), plantou uma araucária no bosque Lula Livre, coordenou uma roda de conversa na Vigília sobre solidariedade internacional e denunciou que “a prisão de Lula é injusta e inaceitável”

outubro 6

6 de outubro, 2018

Comemoração aos 73 anos do nascimento de Lula

 

No dia em que completou 73 anos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva escreveu uma carta pedindo ao povo brasileiro um presente muito especial: que compareça em peso às urnas no domingo (7.10.2018) e eleja Fernando Haddad como presidente da República para que o país volte a ser o Brasil do povo, do desenvolvimento e dos programas sociais. “Dia 6 de outubro é o meu aniversário oficial. Espero ganhar de presente no dia 7 de Outubro o voto do povo brasileiro no Haddad para Presidente.” Foi há 73 anos que nasceu Lula, o maior líder popular da história brasileira. Ele nasceu no agreste pernambucano, na cidade de Caetés, mas só seria registrado no dia 27 de outubro, data em que costuma comemorar seu aniversário

outubro 11

11 de outubro, 2018

Visita de Mino Carta e Fernando Morais

 

No dia 11, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu as visitas dos jornalistas Mino Carta e Fernando Morais, amigos dele há 40 anos que tinham sido impedidos pela Justiça paranaense de visitá-lo na última semana. Segundo Fernando Morais, Lula está muito bem física e espiritualmente, além de animado e otimista. Sobre o momento político, Lula disse a ambos que os democratas do Brasil precisam ir para as ruas, em defesa da democracia.

outubro 12

12 de outubro, 2018

Segunda edição de Luzes para Lula

 

No final do Dia de Nossa Senhora Aparecida e das Crianças, na Vigília Lula Livre aconteceu mais uma vez a cerimônia Luzes para Lula, em que os militantes acendem velas e cantam para o ex-presidente antes de lhe darem boa noite “Esse ato significa que a gente manda essa energia boa para o nosso companheiro Luiz Inácio Lula da Silva”, explicou Susi Montreal Serrat. Participaram militantes do Rio, Niterói, Volta Redonda, São Paulo, Brasília, Serra Talhada, Astorga, Campo Mourão, Barbosa Ferraz, Manuel Ribas e Catanduvas.

outubro 27

Aniversário de 73 anos do Lula

Na Vigília Lula Livre em Curitiba, a festa de aniversário do ex-presidente Lula foi marcada por momentos de emoção e confraternização,  com diversos convidados para comemorar nascimento de seu mais legítimo representante.  Um bolo feito com carinho representou a dedicação dos militantes em se fazer presentes na luta pela liberdade de Lula.

outubro 29

29 de outubro, 2018

Ato religioso

 

No começo da noite ocorreu na Vigília Lula Livre um ato religioso que deixou uma mensagem de esperança aos militantes da resistência democrática. “A palavra de Deus é nossa fonte de fé”, disse Irmã Inês Pereira depois de ler a passagem do Evangelho sobre o cego Bartimeu. A religiosa disse que o momento é de acumular forças para recomeçar e resistir aos desafios postos pela conjuntura política. Após o ato religioso, os militantes se uniram para dar boa noite a Lula.

novembro 1

1 de novembro, 2018

Defesa de Lula apresentou as alegações finais em que reforça que o ex-presidente é vítima de lawfare 

 

A defesa de Lula apresentou as alegações finais em que reforça que o ex-presidente é vítima de lawfare – que consiste no abuso e mau uso das leis e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política — e que não cometeu os ilícitos que lhe foram atribuídos pelo Ministério Público Federal nos Ação Penal nº5063130-17.2016.4.04.7000, em trâmite perante a 13ª. Vara Federal Criminal de Curitiba.

novembro 11

11 de novembro, 2018

Visita do escritor e teólogo Leonardo Boff

 

O ex-presidente Lula recebeu a visita do escritor e teólogo Leonardo Boff na data em que se completam 220 dias da prisão política do ex-presidente na Polícia Federal em Curitiba. “Nós nos abraçamos como velhos amigos. Ele está com um bom humor que me surpreendeu”, disse Boff após o encontro. “Vamos tirar boas lições desta crise, sair melhores, mais purificados com nossas propostas de políticas sociais”, completou.

novembro 14

14 de novembro, 2018

Lula deixa a sede da PF para depor

 

Depois de 222 dias de prisão política por um tríplex que nunca foi dele, Lula deixou a sede da PF em Curitiba para se defender em um processo sobre o sítio que ele frequentou em Atibaia, interior de São Paulo. O inquérito investiga o pagamento de obras de reforma na propriedade. Lula negou todas as acusações e reiterou que é vítima de uma gigantesca farsa nos processos da Lava Jato. “Eu sou vítima do maior processo de mentiras que o País já conheceu”, disse.

novembro 20

20 de novembro, 2018

Dia da consciência negra

 

A Vigília Lula Livre celebrou o Dia da Consciência Negra rememorando as conquistas que a população afrodescendente do País obteve durante os governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. Os avanços, com a implementação de diferentes políticas públicas, foram enumerados por Luiz Carlos dos Santos, militante do movimento negro e diretor da APP-Sindicato, que congrega os professores da rede pública estadual paranaense. Ele lembrou que o Brasil tem a segunda maior população negra do mundo, atrás apenas da Nigéria e, mesmo assim, essa parcela da sociedade está praticamente invisível nos espaços de poder.

novembro 24

24 de novembro, 2018

232 dias de solidariedade 

 

A solidariedade marcou o 232º dia de luta e resistência na Vigília Lula Livre. Os militantes receberam doações de alimentos. Foram dezenas de quilos de hortaliças, legumes, frutas e ovos. O bom dia e o boa tarde ao ex-presidente Lula foram puxados por jovens integrantes da Frente Brasil Popular. Foi realizado ainda um jogral inspirado no dia de Combate à Violência Contra a Mulher.

novembro 30

30 de novembro, 2018

Planejamento da celebração do Natal

 

Uma ceia e um ato inter-religioso vão marcar a celebração do Natal na Vigília Lula Livre, que vai receber militantes de todo o Brasil para reforçar a luta pela libertação do ex-presidente, preso político há 238 dias em Curitiba. Toda a preparação da ceia funcionará de forma solidária, com o apoio dos militantes. Serão convidados catadores de recicláveis vindos de Curitiba e de outras cidades, a fim de lembrar um costume de Lula: desde que chegou à Presidência, ele era convidado de honra e presença garantida na cerimônia natalina dos catadores e moradores de rua em São Paulo.

dezembro 5

5 de dezembro, 2018

Visita de Nicolas Rivera Sarmento

 

No final da tarde a Vigília Lula Livre recebeu a visita do colombiano Nicolas Rivera Sarmento, doutorando em Ciência Política e Direito em Barcelona (Espanha). Ele disse que veio a Curitiba especialmente para saudar Lula, elogiou a resistência democrática na Vigília e disse que “a injustiça contra Lula é a maior que há no mundo”

dezembro 8

8 de dezembro, 2018

Mobilização em torno da bandeira Lula Livre

 

A Vigília Lula Livre realizou uma roda de conversa para abordar a mobilização em torno da bandeira Lula Livre. A discussão foi coordenada por Max Pinho, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. À tarde, os médicos Pedro Gabriel e Erô Leal debateram com os militantes da Vigília a questão da saúde mental do trabalhador. No 246º dia de resistência à prisão política do ex-presidente, o tradicional “boa tarde, Lula!” foi marcado por cartazes e falas de apoio e denúncia contra as injustiças cometidas contra ele, condenado por Sérgio Moro sem nenhuma prova de crime cometido.

dezembro 14

14 de dezembro, 2018

Visita de Luiz Henrique da Silva e Raduan Nassar

 

O ex-presidente Lula recebeu as visitas de Luiz Henrique da Silva, presidente do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, e de Raduan Nassar, escritor vencedor do Prêmio Camões de Literatura. Eles foram acompanhados por Fernando Haddad e, depois da visita, participaram de uma celebração de Natal na Vigília Lula Livre.

dezembro 24

24 de dezembro, 2018

A véspera de Natal 

 

A véspera de Natal na Vigília Lula Livre foi a materialização de uma das frases ditas pelo ex-presidente no dia em que decidiu cumprir o mandado de prisão expedido contra ele: “Meu coração baterá pelo coração de vocês. E serão milhões de corações”, disse Lula, em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo (SP). Passados 262 dias, a resistência democrática em Curitiba demonstrou, no 24 de dezembro, estar firme ao lado do ex-presidente, formando uma grande família.

dezembro 29

29 de dezembro, 2018

Divulgação da agenda oficial do dia 31 de dezembro

 

A coordenação da Vigília Lula Livre divulgou a agenda oficial que foi realizada no dia 31 em Curitiba. São esperadas caravanas de todo o país e centenas de pessoas que estarão no local para passar a virada de ano ao lado de Lula. Uma confraternização será realizada na noite do dia 31 e no dia 1º são esperadas lideranças de todo país.

dezembro 31

2018: A RESISTÊNCIA VIVE

A Vigília Lula Livre fez de 2018 o ano da resistência. Desde a arbitrária prisão do ex-presidente, começou o movimento pela sua libertação. Ao longo de mais de oito meses, centenas de militantes se revezaram nos acampamentos montados nas proximidades da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. Com apoio e solidariedade de todo o Brasil, a Vigília se estruturou como um espaço de manifestação e debate, com ambiente para refeições, além de receber importantes nomes da política, da intelectualidade e da cultura, vindos de diversas partes do Brasil e de todo o mundo.

2019
janeiro 6

06 de janeiro, 2019

275 dias

 

O domingo marcou os 275 dias de resistência da Vigília Lula Livre e contou com o primeiro ato inter-religioso do ano local. Com representantes de diversas congregações e vertentes religiosas, a iniciativa tem o objetivo de oferecer conforto e espiritualidade aos militantes que lutam pela liberdade do ex-presidente. Além disso, mostra a disposição pela pluralidade e respeito da vigília, dois conceitos sob ameaça permanente com a chegada de Bolsonaro ao poder

janeiro 14

14 de janeiro, 2019

Visita de Fernando Haddad e Wadih Damous

 

Fernando Haddad e o deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) estiveram, na condição de advogados, com o ex-presidente Lula em Curitiba. Após o encontro, Damous visitou a militância na Vigília Lula Livre e falou sobre a condição do ex-presidente. “O presidente está muito bem de saúde, está bem-disposto, com muita clareza política. Na avaliação dele, esse é o melhor momento para o PT de fato voltar a fazer oposição como sabe fazer. Esse governo mostra que haverá espaço para uma oposição consistente. O PT precisa vencer os obstáculos da ressaca eleitoral e fazer oposição”, relatou o parlamentar. Damous também informou que Lula expressou novamente a sua gratidão à militância da Vigília pela resistência na defesa da democracia e do fim de sua prisão política. “Ele mais uma vez manda forte abraço a todos vocês, ele é muito grato a todos vocês e sempre diz que, quando sair, a primeira coisa que irá fazer é dar um abraço em cada um da Vigília”.

janeiro 15

15 de janeiro, 2019

Movimento Tenda da Fé e a memória de Mariana

 

No Bom Dia ao presidente Lula os militantes lembraram o crime ambiental como o rompimento da barragem de Mariana, que ocorreu no dia 5 de novembro de 2015. Os trabalhadores falaram sobre a importância da luta por justiça nesse caso, inclusive com o fechamento de uma linha de trem na divisa de Minas Gerais com o Espírito Santo, para reivindicar reparação para a população atingida, desde as famílias da cidade aos pescadores da região. O Bom Dia também contou com a participação de militantes de Pernambuco, do Movimento Tenda da Fé.

janeiro 24

24 de janeiro, 2019

1 ano do julgamento em segunda instância de Lula

 

Há um ano, no dia 24 de janeiro de 2018, o Brasil parou para acompanhar o julgamento em segunda instância do recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Lula sobre a condenação política imposta pelo juiz e agora ministro, Sérgio Moro, no caso conhecido como o “triplex do Guarujá”. O TRF4 confirmou a sentença eivado de irregularidades, abrindo caminho para que Lula fosse impedido de concorrer à Presidência da República.

janeiro 30

30 de janeiro, 2019

Justiça nega pedido de Lula para ir a enterro de seu irmão Vavá

 

A Justiça Federal negou o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ir ao enterro de seu irmão Genival Inácio da Silva, de 79 anos.  A decisão da juíza Carolina Lebbos seguiu os argumentos da Polícia Federal e do Ministério Público, que afirmavam que não havia tempo hábil para a logística de transporte do ex-presidente. A defesa já havia entrado com recurso no TRF-4 e o desembargador Leandro Paulsen manteve a sentença na madrugada da quarta-feira, 30.

fevereiro 2

02 de fevereiro, 2019

302 dias de resistência

 

No sábado (2), data em que completou-se 302 dias de resistência pela prisão política do ex-presidente, durante o tradicional “bom dia, presidente Lula” a Vigília Lula Livre recebeu o companheiro Carlos Lopes, militante que veio da Argentina para participar da vigília e reforçar a luta internacional pela liberdade de Lula.

fevereiro 3

03 de fevereiro, 2019

Homenagem à Marisa Letícia

 

A Vigília Lula Livre realizou no dia 3 de fevereiro de 2019 um ato político e uma mística em homenagem à memória de dona Marisa Letícia. Os militantes, emocionados, falaram sobre ela e cantaram canções como forma de honrar a memória da ex-primeira dama. Ao final do ato eles fizeram uma oração.

março 2

02 de março, 2019

Neto do ex-presidente Lula morre de meningite meningocócica aos 7 anos

 

Arthur Araújo Lula da Silva, filho de Sandro e Marlene, morreu no Hospital Bartira, em Santo André. Justiça atende defesa e autoriza viagem do ex-presidente para velório em São Paulo. O pedido foi protocolado na 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba. A Lei de Execução Penal, no artigo 120, prevê que presos em regime fechado, semiaberto ou provisórios podem obter permissão para sair do estabelecimento, mediante escolta, no caso de falecimento de cônjuge, companheiros, ascendentes.

março 16

16 de março, 2019

Ativistas de todo Brasil relançam campanha pela liberdade de Lula (Encontro Nacional Lula Livre)

 

O evento ocorreu em São Paulo com Haddad, Manuela D’Ávila, Vagner Freitas e Boulos e reuniu participantes de todo o país para discutir novas ações em defesa da democracia e do Estado de direito. Representantes dos movimentos sociais e sindical e lideranças políticas de partidos de esquerda participaram, em São Paulo, do Encontro Nacional Lula Livre que vai discutir novas ações em defesa d

março 20

20 de março, 2019

Passagem de Guilherme Boulos

 

De passagem por Curitiba, o líder do MTST e um dos mais ferrenhos ativistas pela democracia no país, Guilherme Boulos, fez questão de readequar a sua agenda para uma visita rápida à Vigília Lula Livre, local de resistência pelo qual demonstra enorme respeito. “Vocês não estão sozinhos, mas saibam que vocês estão sendo vistos, respeitados e admirados por milhares de defensores da democracia do País. A Vigília está cumprindo um papel histórico”, declarou.

abril 3

03 de abril, 2019

Leilão Lula Livre

 

A etapa presencial do Leilão Lula Livre ocorreu em São Paulo e em João Pessoa. Foram colocadas em leilão, doadas por renomados fotógrafos brasileiros, 50 fotos históricas que mostram a trajetória política e a vida de Luiz Inácio Lula da Silva, todas autografadas pelo ex-presidente. O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, participou do evento em São Paulo e destacou que o leilão resgata a trajetória do ex-presidente, que “há mais de 40 anos serve ao povo brasileiro”. Okamotto também falou sobre a importância da luta para libertar Lula, a maior liderança política do país, preso político em pleno século XXI.

abril 7

07 de abril, 2019

Um ano da prisão de Lula

 

No domingo se completou um ano de sua prisão arbitrária, com base em um processo manipulado e com viés político e ideológico, em Curitiba milhares de pessoas pintaram as ruas da capital do Paraná de vermelho, em solidariedade a Lula e contra a sua prisão arbitrária. A Caravana Lula Livre pelo Sul, iniciada na sexta-feira por Porto Alegre, com passagem no sábado por Florianópolis, concluiu seu roteiro hoje na Vigília Lula Livre, onde reuniram-se milhares de pessoas unidas em torno de uma única causa: lutar pela libertação do ex-presidente e devolver o país ao seu povo.

abril 18

18 de abril, 2019

Manifesto em apoio a Lula é assinado por grandes personalidades

 

Em manifesto, intelectuais e artistas pedem a libertação de Lula. Já são diversos signatários: Leonardo Boff, Marieta Severo, Raduan Nassar, Martinho da Vila, Arnaldo Antunes, Mia Couto, Leci Brandão, Fernando Morais, Boaventura de Sousa Santos, José de Abreu, Frei Betto, José Celso Martinez Corrêa, Gilberto Gil, Flora Gil, Chico Buarque, Carol Proner, entre outros. Confira o manifesto: https://tinyurl.com/yxvmm6ez 

abril 22

22 de abril, 2019

Criação do site “Lula Livre”

 

O Comitê Nacional Lula Livre lançou o site Lula Livre. A página é destinada ao cadastro de comitês, coletivos ou ações em defesa da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo os organizadores do comitê, “liberdade, dignidade e democracia não se negociam” e é preciso ampliar a resistência em defesa de Lula. O link é esse: https://www.lulalivre.org.br/ 

abril 23

23 de abril, 2019

Resultado do julgamento do recurso da defesa no STJ aprova redução de pena no processo do triplex do Guarujá 

 

Quando Lula foi informado sobre a redução da pena para oito anos e 10 meses no escandaloso processo do triplex do Guarujá e reagiu com a sobriedade de quem tem a exata noção do que significa para os seus adversários mantê-lo longe das ruas. “Não tem o que comemorar. A pena tinha que ser zero. A pena não tinha que existir. Vou lutar até o fim pela minha inocência”.

abril 26

26 de abril, 2019

Primeira entrevista de Lula desde que se tornou preso político

 

Em Curitiba, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista aos jornais Folha de S. Paulo e El País – a primeira desde que foi encarcerado como prisioneiro político, vítima de uma sentença manipulada pelo ex-juiz Sérgio Moro, que virou político de um governo de ultradireita que ajudou a eleger. Aos jornalistas, Lula declarou: “Eu trabalho muito para vencer a questão do ódio, a questão da mágoa profunda. Eu tenho muitos momentos tristes aqui, mas o que me mantém vivo? Eu tenho um compromisso com este país”. 

maio 19

19 de maio, 2018

Intervenção dos sem-terrinhas da Ciranda Saci Pererê

 

O dia da Vigília Lula Livre foi especial, com uma intervenção dos sem-terrinhas da Ciranda Saci Pererê, da Escola Nacional Florestan Fernandes, de Guararema (SP). Além das crianças, participaram das atividades a companheira Lorrane, três educadoras e três trabalhadores do setor de produção. “Viemos aqui para fazer um intercâmbio com a Escola Latino Americana de Agroecologia. Viemos também para lutar pela liberdade de Lula e por melhorias na educação”, afirmou Lorrane.

maio 26

26 de maio, 2019

Mutirão Lula Livre

 

O Mutirão Lula Livre foi às ruas em todo o País dialogar com o povo sobre a arbitrária prisão do ex-presidente, preso político desde o dia 7 de abril do ano passado. Alagoas, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Distrito Federal, São Paulo e Paraíba foram alguns dos estados que registraram atividades em apoio ao ex-presidente naquele domingo.

junho 6

06 de junho, 2019

A carta de amor de Lula à Vigília 

A Vigília Lula Livre recebeu uma carta do ex-presidente Lula, na qual ele agradece, com todo amor, a solidariedade e carinho de cada um dos companheiros – cada homem, cada mulher – que resistem na Vigília. Lula agradece também a roupa que ganhou de presente dos integrantes da Vigília (um blusão e uma calça). “Força, coragem e vontade de lutar é o que vai permitir reconstruir a democracia e os direitos sociais para o nosso povo”, finaliza.

junho 27

27 de junho, 2019

Fala na Câmara dos Deputados sobre a Vaza Jato

 

Ao falar na Câmara dos Deputados sobre a série de denúncias que desmoronam a tese de imparcialidade da Operação Lava Jato, o jornalista Glenn Greenwald reiterou o que as reportagens publicadas pelo The Intercept já deixaram evidentes: “Este material que estamos publicando já mostrou e vai continuar mostrando que Moro era o chefe da força-tarefa da Lava Jato, era o chefe dos procuradores, o tempo todo mandando o que eles deveriam fazer e depois fingia ser imparcial”.

junho 28

28 de junho, 2019

Homenagem a Lula na ONU

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi homenageado na Organização das Nações Unidas (ONU). Durante o discurso de despedida de seu mandato como diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva destacou o trabalho de Lula no combate à fome. Graziano frisou ainda que o programa Fome Zero, criado por Lula em 2003, é um exemplo que tem sido seguido no mundo inteiro.

julho 1

01 de julho, 2019

Cartas para Lula

 

Mais de 13 mil cartas endereçadas ao ex-presidente Lula foram catalogadas e escaneadas no Instituto Lula. Vindas de todas as partes do País e do exterior, elas são lidas pelas cinco integrantes da equipe de trabalho, que também registra inúmeros livros e lembranças que chegam todos os dias à sede do Instituto. 

julho 2

02 de julho, 2019

O impacto da Vaza Jato

 

Após as revelações, pelo site The Intercept Brasil, de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato, parlamentares, acadêmicos e sindicalistas britânicos lançaram documento exigindo justiça e liberdade para Lula: “Estamos profundamente preocupados com o fato de o sistema judicial do Brasil ter sido usado para fins políticos com a prisão do ex-presidente Lula”.

julho 4

04 de julho, 2019

Visita de Alberto Fernández 

 

O candidato a presidente da Argentina Alberto Fernández conversou por cerca de uma hora com o ex-presidente Lula na quinta (4), em Curitiba. “Falamos de tudo, menos futebol”, brincou o representante progressista do país vizinho. Ele visitou Lula acompanhado pelo ex-chanceler Celso Amorim. Fernandez, professor de direito penal na Universidade de Buenos Aires, vê com muita preocupação a prisão política de Lula, a quem atribui enorme respeito e admiração de seus compatriotas.

julho 18

18 de julho, 2019

Visita do ex-presidente da Argentina Eduardo Duhalde e do escritor Emir Sader

 

O ex-presidente da Argentina Eduardo Duhalde e o escritor Emir Sader encontraram-se com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Tenho por Lula um especial carinho. Ele é meu único amigo fora da Argentina e passou o seu governo todo lutando pela integração latino-americana. Estou muito feliz em me encontrar com ele”, disse Duhalde. “Vocês podem imaginar como é emocionante encontrar Lula. Mas agora é emocionante e absurdo, porque quem deveria governar este país está aqui preso injustamente”, completou o argentino. Ambos também firmaram o abaixo-assinado que pede a anulação imediata dos processos que condenaram Lula.

agosto 7

07 de agosto, 2019

Vigília de Lula completa 487 dias e vive expectativa sobre transferência de petista

 

Na quarta-feira do dia 7 de agosto, o juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, do departamento estadual de execução criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, autorizou a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo. A defesa de Lula deve recorrer. Vigília Lula livre completa 487 dias e vive expectativa sobre transferência de petista.

agosto 8

08 de agosto, 2019

Na Vigília, juízes e desembargadores entregam carta pela liberdade de Lula

 

Representantes da Associação de Juízes para Democracia (AJD) foram a Curitiba entregar uma carta em defesa da liberdade de Lula e da democracia brasileira. O grupo visitou a Vigília Lula Livre na tarde do dia 8 de agosto de 2019. Juristas leram trechos do documento que foi entregue ao ex-presidente pelo jornalista e biógrafo Fernando Morais e pelo escritor Raduan Nassar. Um trecho do documento destaca as provas de que Lula é um preso político: “A velocidade dos julgamentos, o uso indiscriminado de premiações para obter ou criar provas, vazamentos à imprensa em época eleitoral, as relações espúrias e indecentes entre Ministério Público e Poder Judiciário – que foram evidenciadas em reportagens recentes”, cita a carta.  

Em outra parte da carta, eles colocam: “até a existência de procedimentos judiciais que são viciados desde sua origem e de condutas práticas com objetivo deliberado de condenar, interferir no processo eleitoral e obter benefícios pessoais”.

agosto 11

11 de agosto, 2019

Música em homenagem à Lula

Na celebração do Dia dos Pais, no domingo (11), o ex-presidente Lula foi homenageado com uma canção dedicada a ele por servidoras e servidores públicos municipais de 16 estados que estavam reunidos em Curitiba para tratar do Plano de Lutas 2019/2020 da categoria. Uma delegação foi à Vigília Lula Livre para entoar a música “Lula livre é o nosso mote”, escrita pelo secretário de Igualdade Racial da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal ( Confetam/CUT), Paulo Freitas, em parceria com Alexandre Valença. Leia a letra: https://pt.org.br/no-dia-dos-pais-servidores-municipais-presenteiam-lula-com-musica/

agosto 15

15 de agosto, 2019

Visita de Monica Benício e Leonardo Padura

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a visita de Monica Benício, viúva de Marielle Franco, e do escritor cubano Leonardo Padura, ambos cederam entrevistas na Vigília por volta das 17h. Monica é uma das vozes mais ativas do feminismo e dos direitos humanos no Brasil, sendo bastante requisitada também em palestras fora do país. Padura, por sua vez, é um dos mais populares autores cubanos da atualidade – antes já tinha carreira consolidada como jornalista investigativo.

setembro 1

01 de setembro, 2019

TSE indefere pedido de registro de candidatura de Lula à Presidência da República

 

O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu, por maioria de votos (6 a 1), o registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar as eleições à Presidência da República em outubro. A decisão seguiu o entendimento do relator do pedido na Corte, ministro Luís Roberto Barroso, que declarou a inelegibilidade de Lula com base na Lei da Ficha Limpa.

outubro 12

12 de outubro, 2019

Vigília Lula Livre recebe estreia do documentário “A Contra República de Curitiba”

 

Na segunda-feira, dia 12, aconteceu uma sessão aberta ao público, o documentário “A Contra República de Curitiba”, do diretor Carlos Pronzato na Vigília Lula Livre. O filme propõe investigar os impactos das ações da chamada “República de Curitiba” na política nacional.

outubro 27

27 de outubro, 2019

Aniversário de 74 anos do Lula 

 

No domingo, dia 27 de outubro, Lula ganhou um bolo de 74 metros e a visita de centenas de apoiadores, entre eles, militantes, que viajaram de ônibus para participar da vigília Lula Livre em Curitiba. Militantes repartiram o bolo em seu nome em outras partes do país. Artistas, intelectuais e lideranças políticas usaram as redes sociais para homenageá-lo. Lula recebeu do Brasil e do mundo uma festa do tamanho da sua própria história. 

Mas foi na Vigília Lula Livre em Curitiba que a festa teve seu momento mais sublime,  com milhares de convidados a saborear o nascimento de seu mais legítimo representante.  Não à toa, foi na Vigília que um bolo em especial ilustrava com perfeição a grandeza do aniversariante: um metro para cada ano de vida construída com açúcar e com afeto por aquele operário que passou, a contragosto, a viver temporariamente do outro lado da rua.

novembro 8

8 de novembro, 2019

A verdade venceu

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto na tarde desta de sexta-feira, após 580 dias preso na sede da Superintendência da Polícia Federal do Paraná, em Curitiba.

Em discurso minutos após sair, o petista fez um discurso de forte ataque à Lava Jato e setores do Judiciário. “Eu saio daqui sem ódio. Aos 74 anos meu coração só tem espaço para amor porque é o amor que vai vencer neste país”, disse, diante de aplausos dos militantes presentes.

 

novembro 9

09 de novembro, 2019

O dia após a soltura de Lula, a despedida da Vigília e o desmonte do acampamento

 

Depois de 580 dias consecutivos, após o ex-presidente ser solto na sexta-feira, o sábado seguinte foi dedicado a um mutirão de limpeza e desmonte do espaço que serviu de apoio ao petista enquanto ele esteve preso na Superintendência da PF (Polícia Federal) em Curitiba (PR). Os militantes que ainda permaneceram em Curitiba após a soltura do ex-presidente reuniram-se desde o início da manhã para empilhar cadeiras, desmontar o palco em que Lula discursou e recolher estruturas. Alguns foram escalados para varrer ruas no entorno da vigília e da sede da PF no Paraná e catar o lixo.

novembro 9

09 de novembro, 2019

Lula de volta ao Metalúrgicos do ABC

 

Em oito de novembro de 2019, após 580 dias mantido preso político em Curitiba, o ex-presidente Lula foi solto, e, no dia seguinte, voltou para os braços do povo, exatamente de onde foi levado, do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Link discurso: https://www.youtube.com/watch?v=KOouZrM3m_